Imperador Diocleciano O Romano



Diocleciano foi um grande imperador que pôs fim a um período de perturbação no mundo romano. Conhecido como um grande reformador com uma personalidade dura, ele ganhou respeito onde outros falharam miseravelmente. Nascido em 244, nos Balcãs. cresceu em condições turbulentas, com pouco governo ou estabilidade.


Imperador Diocleciano O Romano

Diocleciano foi o Imperador Romano durante todo o montante de 284 a 305 Ce. Nascido numa família de estatuto com velhos escravos dentro da província romana de área geográfica, ele ascendeu através das fileiras dos militares para se tornar comandante de cavalaria durante todo o reinado do Imperador Carus.

quando a morte de Carus e do seu filho, ele foi anunciado, imperador. O reinado de Diocleciano estabilizou o império e terminou a Crise do Século III. Nomeou oficial líder nacional, co-emperador, em 286 e delegou Galério e Constâncio como Césares, co-emperadores juniores em 293. cada imperador governaria mais de um quarto de divisão do império.

Depois, assegurava as fronteiras do império e alargava-as e os seus serviços militares.
Diocleciano estabeleceu o governo mais importante e mais oficial na história do império. Estabeleceu novos centros corporais em Nicomedia, Mediolanum, Antioch, e Trier, mais perto das fronteiras do império do que a capital normal de Roma.

Construindo sobre as tendências do terceiro século para o absolutismo, intitulou-se um déspota, elevando-se acima da abundância do império com cerimónias e design imponentes dos tribunais. o crescimento oficial e militar, a campanha política constante, e a construção vêm exagerando as despesas do estado e exigindo uma reforma fiscal abrangente. A partir de um mínimo de 297, a tributação imperial foi estandardizada, criou uma grande dose de imparcialidade, e cobrada a taxas tipicamente mais elevadas.